Bem-vindo ao site do Norte de Mato Grosso, Peixoto de Azevedo/MT, segunda 21 de setembro 2020
Midia Kit
Política - MT - Ajuda

Após pedido de Dr. Leonardo, Governo Federal oferece ajuda para MT combater incêndio

Segundo o INPE, entre janeiro e agosto deste ano foram registrados 10.153 focos de incêndio no Pantanal

Após solicitação oficial enviada pelo deputado federal Dr. Leonardo (Solidariedade-MT), o ministro Desenvolvimento Regional, Rogério Martinho, anunciou que o presidente Jair Bolsonaro determinou o envio de ajuda através da Defesa Civil para combater os incêndios florestais no Pantanal. A declaração foi feita através das redes sociais no sábado (12), na mesma semana em que o parlamentar havia solicitado a presença em massa das forças armadas para combater as queimadas.

Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) mostram que o Pantanal enfrenta a maior série de queimadas das últimas duas décadas. As labaredas engoliram mais de dois milhões de hectares, área equivalente a dez vezes os territórios dos municípios de São Paulo e Rio de Janeiro juntos.

"Mato Grosso precisa urgentemente dessa ajuda. Eu solicitei as Forças Armadas em peso, como já acontece na Amazônia, para reforçar a Operação Pantanal. A Defesa Civil, com certeza, vai fazer um grande trabalho, mas precisamos de agilidade, porque as chamas estão fora de controle, causando a morte de muitos animais, destruindo pontos turísticos e causando doenças respiratórias em meio a uma pandemia de covid-19", afirmou o deputado.

Segundo o INPE, entre janeiro e agosto deste ano foram registrados 10.153 focos de incêndio no Pantanal, número superior a soma de todos os focos registrado entre 2014 e 2019, que foram 10.048. Além do Pantanal, o cerrado também está em chamas. Neste final de semana, a rodovia MT-251, de acesso ao município de Chapada dos Guimarães, precisou ser interditada devido às queimadas.

O deputado, que também é medico, aproveita para orientar a população. "Precisa redobrar os cuidados com a saúde devido a fumaça, o calor e a baixa umidade. Se hidratar bem, usar umidificador ou toalha molhada para aumentar a umidade dos recintos; se preciso lavar olhos e narinas com soro fisiológico e evitar exercícios físicos pesados nos horários de mais calor", recomendou Dr. Leonardo.

Atenção! O site "Realidade MT" não se responsabiliza por calúnias, injúrias, linguajar inapropriado, preconceituoso ou quaisquer afirmações de natureza ofensiva que venham a ser veiculadas nesse espaço, sendo que essa responsabilidade recai inteiramente sobre o usuário que se utilizar deste espaço democrático e livre de forma inadequada.

VÍDEOS

Propostas retomam a política de valorização do salário mínimo

OPINIÃO

Suplementação de vitamina D o que há de novo?
A prescrição de vitamina D tem sido amplamente usada para prevenção de distúrbios nos ossos. Sua sup...
Transplante capilar sem cicatriz
Na vanguarda dos tratamentos médicos, a cirurgia do transplante capilar a cada dia ganha mais adepto...
ver mais

ENTRENENIMENTO

Fusão
Fusão Disney e Fox é finalizada e Deadpool comemora

TECNOLOGIA

Fique - Atento
Golpistas usam Instagram para aplicar fraudes em vendas on-line

ESTADO

Turismo
Setor de turismo de negócios e eventos discute plano de retomada de atividades no pós-pandemia
Alta
Governador Mauro Mendes se recupera da pneumonia e recebe alta médica