Bem-vindo ao site do Norte de Mato Grosso, Peixoto de Azevedo/MT, domingo 21 de abril 2019
Midia Kit
Política - MT - Gasto

Em 15 anos, gastos com pagamento de salários cresce 678%, revela governador

O que aconteceu em Mato Grosso nos últimos 15 anos, que levou o Estado a atrasar o salário dos servidores e a ter uma dívida de R$ 3,6 bilhões? Essa análise foi feita pelo governador Mauro Mendes (DEM), durante a abertura do Fórum de Governo e Prefeituras

Durante os últimos 15 anos, o Estado demonstrou um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) superior à média nacional. Em Mato Grosso, o crescimento registrado foi de 411%, sendo que no país o resultado chegou a apenas 297%.

Além disso, o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) também registrou um resultado positivo no Estado. O acumulado dos últimos 15 anos foi marcado por um crescimento de 331% na arrecadação.

Os números são muito positivos, contudo, o crescimento da despesa de pagamento com servidores públicos foi acima de todos esses indicadores. A folha total dos servidores públicos, seja do Executivo, do Judiciário, Legislativo, Tribunal de Contas, Defensoria Pública e Ministério Público, cresceu 678%, ou seja, mais que o dobro da arrecadação do ICMS. E se separar o crescimento da folha apenas do Executivo, o número é ainda maior, 705%. Nesse mesmo período, de 2003 a 2018, a inflação acumulada foi de 94%.

No balanço apresentado pelo governador, ele ponderou que, além do crescimento do custo da folha, o governo registrou um aumento de 2.382% nos restos a pagar, ou seja, despesas contratadas e não pagas.

O reflexo de tudo isso é que hoje o Estado tem uma dívida com 11.424 fornecedores, também com prefeituras e Poderes, somando restos a pagar de R$ 3,575 bilhões. Esse desequilíbrio econômico também refletiu em todas as secretarias. Somente na Educação e Infraestrutura são 335 obras paralisadas. Ou seja, estradas precisando de manutenção e reparos e escolas em péssimas condições.

Balanço de governo: Mauro Mendes apresentou o balanço dos últimos 15 anos de gestão do Governo na quinta (4). O evento foi realizado com o intuito de anunciar todas as ações desenvolvidas pela atual gestão que já permitiram a retomada dos investimentos. Na ocasião, o governador também autorizou a retomada de 114 obras, em 90 municípios do Estado, que irão movimentar quase R$ 1 bilhão.

Atenção! O site "Realidade MT" não se responsabiliza por calúnias, injúrias, linguajar inapropriado, preconceituoso ou quaisquer afirmações de natureza ofensiva que venham a ser veiculadas nesse espaço, sendo que essa responsabilidade recai inteiramente sobre o usuário que se utilizar deste espaço democrático e livre de forma inadequada.

VÍDEOS

Propostas retomam a política de valorização do salário mínimo

OPINIÃO

Propósito de vida, Sentir e Fluir
A cada dia que passa, ouvirmos mais e mais pessoas de diferentes idades, condição social, credo e ní...
Mediação em conflitos judicializados, é possível?
Ainda existem muitas dúvidas quanto à possibilidade da mediação no curso do procedimento judicial. A...
ver mais

ENTRENENIMENTO

Fusão
Fusão Disney e Fox é finalizada e Deadpool comemora

TECNOLOGIA

Lançamento
Syntonic lança novos serviços em sua plataforma de geração de receita para operadoras e provedores de conteúdo

ESTADO

Dívida
LRF, câmbio e “freio” do dólar: entenda as polêmicas que envolvem alongamento da dívida em dólar
Celular
Max Russi volta a cobrar sinal de celular em distritos de Barra do Garças