Bem-vindo ao site do Norte de Mato Grosso, Peixoto de Azevedo/MT, sexta 23 de agosto 2019
Midia Kit
Saúde e Bem Estar - Noite - de - Sono

Sexo ajuda a dormir melhor, diz estudo

Uma nova pesquisa mostrou que pessoas que tiveram relação sexual satisfatória antes de dormir, tiveram um sono mais tranquilo

Fazer sexo antes de dormir contribui para um sono de melhor qualidade porque além de ser uma distração das preocupações, a relação libera um 'coquetel bioquímico' com 'efeito sonífero'. (IStock/Getty Images)

Se você estiver com dificuldades para dormir, fazer sexo pode ser uma boa opção para a tão sonhada noite de sono. De acordo com um estudo feito pelo especialista em sono Michele Lastella, ter uma relação sexual antes de ir para a cama é o segredo para um sono perfeito. No entanto, a qualidade do sono está diretamente associada ao orgasmo e à satisfação mútua dos parceiros.

No estudo, realizado com 460 adultos com idade entre 18 e 70 anos, Lastella, que é pesquisador da Universidade Central Queensland, na Austrália, concluiu que a maioria das pessoas têm muita dificuldade de ‘desligar’ antes de dormir. Por outro lado, 64% dos participantes relataram dormir melhor após fazerem sexo com um parceiro e chegarem ao orgasmo.

“Existem fortes evidências para você trocar o tempo em frente às telas por um período de ‘brincadeiras’. Quando você está envolvido no sexo, você não está pensando no que tem que fazer no dia seguinte, você não está mexendo no telefone. Isso o distrai.”, afirmou o pesquisador ao portal australiano Adelaide Now.

Um estudo semelhante, conduzida pela Oxford Economics e pelo Centro Nacional para Pesquisa Social, da Inglaterra, descobriu que uma boa noite de sono e sexo bde qualidade superam o impacto do dinheiro no bem-estar.

“Um sono de qualidade é o maior contribuinte para uma vida melhor”, disseram os pesquisadores. Aqueles que se descreveram como mais felizes, também relataram estar mais satisfeitos com sua vida sexual.

Coquetel bioquímico
Além da distração, o efeito “sonífero” do sexo está diretamente associado à produção de um ‘coquetel bioquímico‘ pelo corpo durante e após a relação.

Um baixo nível de stress, associado ao sentimento de intimidade, causado pela ocitocina, e de euforia, causado pela liberação de endorfinas, tem um efeito calmante que induz o sono.

A relação sexual também desencadeia outras alterações que propiciam uma noite melhor. Nas mulheres, por exemplo, há um aumento do estrogênio, que melhora o ciclo REM e contribui para um sono mais profundo. Já nos homens, há maior liberação de prolactina, hormônio diretamente responsável pela sensação de fadiga.

Atenção! O site "Realidade MT" não se responsabiliza por calúnias, injúrias, linguajar inapropriado, preconceituoso ou quaisquer afirmações de natureza ofensiva que venham a ser veiculadas nesse espaço, sendo que essa responsabilidade recai inteiramente sobre o usuário que se utilizar deste espaço democrático e livre de forma inadequada.

VÍDEOS

Propostas retomam a política de valorização do salário mínimo

OPINIÃO

Suplementação de vitamina D o que há de novo?
A prescrição de vitamina D tem sido amplamente usada para prevenção de distúrbios nos ossos. Sua sup...
Transplante capilar sem cicatriz
Na vanguarda dos tratamentos médicos, a cirurgia do transplante capilar a cada dia ganha mais adepto...
ver mais

ENTRENENIMENTO

Fusão
Fusão Disney e Fox é finalizada e Deadpool comemora

TECNOLOGIA

Fique - Atento
Golpistas usam Instagram para aplicar fraudes em vendas on-line

ESTADO

TAC
TCE aponta irregularidades a secretário de Saúde e termo de ajustamento deve ser assinado
Dívida
LRF, câmbio e “freio” do dólar: entenda as polêmicas que envolvem alongamento da dívida em dólar